quarta-feira, 14 de maio de 2014

Insaciável

Aquela fome que dá
Ao te querer na madrugada
Ignorar? Haha
O objetivo é sempre mesmo se render ao prazer
Misturado com o calor da tua pele atritando na minha
Não se hesita nem se corre
Quando se está cercado entre quatro paredes
Os corpos possuem mais que força gravitacional
Mas, se me percebo sonhando acordado
Paro em frente à pia e ao espelho
Lavo o rosto
E volta pra cama pra sonhar o prazer que me consome
Se eu não resistir, meu bem
Atenda o telefone