quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Se

Se eu fosse te fazer rir
o tentaria sem temor
Pra tu achar que és feliz
E eu congelar teu sorriso pra mim

Se eu fosse te matar
Te mataria de amor
Pra assim, tu não ter dor
E eu poder pegar teu coração pra mim

Se eu fosse te devorar
O faria com paixão ardente
Pra tu deixar dessa conversa carente
E nossa chama virar incêndio florestal

Se eu fosse te beijar
O faria com ternura
Pra te fazer arder de luxúria
E tu baixar tua guarda pra mim