terça-feira, 29 de abril de 2014

Se eu fosse você

Se eu fosse você
Eu me ligava
Eu atendia ou esperava
Que assim fosse ser
Depois de semanas milenares
Assim ainda espero ouvir de ti
E não mais tolero se tu falares
Que é desnecessário
Não tolero tuas não voltas que me deixam livres
Não suporto a solidão que tu me deixou
E menos ainda o ódio que me acaba
Mas, ora
Devo então ser racional
Já que o amor não recomeçará
Posso ao menos mudar
O início desse poema então
Se eu fosse você
Eu me ligava
Que colocou tudo a perder
Quando traiu o meu amor
Eu me ligava
Que minha unicidade não será encontrada em qualquer esquina
E que assim que me perdeste
Bom, já é problema teu
Se eu fosse você, eu corria
E voltava pra eu
Mas já que tu não sou
Vou aproveitar mais ainda
Esse mundo inteiro que me restou