segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Um homem francês

Era uma vez
Um homem francês
Que era amado
Só daquela vez.
Um homem francês
Que perdia seu lado
E sua consciência.
Que não sabia o peso de sua existência.
Era uma vez
Um homem francês
Que queria ser amado
E amado era
Até o amor ser finalizado
Na primavera.
E se vinha uma outra estação,
O que o homem francês faria?
Murcharam as flores e seu coração.
Sumiram a mulher de verde, a Elizabeth e a Maria.
E por uma vez,
De vez,
Assim foi sua vida.
Um homem francês,
Que queria ser amado,
E que acabou enforcado.
Um homem francês
Que se acabara de vez.