segunda-feira, 26 de maio de 2014

Profundamente

Cadê a estrela que raiou no céu fluminense?
Onde está a Semana de Arte Moderna?
Ora, passei longe das vanguardas
Me leve de volta
Cadê a pedra no meio do caminho?
Drummond retirou-a e levou consigo
A moreninha e Capitú
Estão todos dormindo
Dormindo profundamente
Tarsila, Oswald, Mário de Andrade e Quintana
Todos eles passaram longe de mim
Clarice arrastou Macabéa

Os campos franceses
O alaúde solitário de um homem viajante
A mulher de verde
Elizabeth
Eu acordei e reparei que estavam todos dormindo
De cada um, não saía um piu
Sem movimentos nem sinais de vida
Estariam todos dormindo?
— Estão todos dormindo
Estão todos deitados
Dormindo
Profundamente