terça-feira, 1 de abril de 2014

Só pra você

Só pra você saber
Eu fui-me embora
Deixei de te ler
E me vejo agora
Sem brilhos de aurora
Só os mundos lá fora
Que querem me devorar sem demora
A vida que me vem sem hora
Meu mundo findando ao final do anoitecer
Só pra você saber
Se eu me acordar de manhã
Pensando em você
Pode ter certeza
Que é só de brincadeira
Eu não desceria nem uma ladeira
Pra apreciar tua beleza
Só pra você saber
Se eu te disser que te amo
Te dedicar meus poemas
Te jurar meu amor
Te cantar minhas canções
Amarrar nossos corações
Ignorar minha dor
Eliminar meus dilemas
É engano
Sem você as horas passam tão rápidas
Quanto anos
Se eu deito na rede
Só pra passar o tempo
Eu nem penso mais em ti
Quando minha varanda me encanta
E minhas ruas calam a boca
Veja só, que coisa louca
Não é você a primeira coisa que eu penso
Tudo que sinto por ti, dispenso
Mas seria eu uma anta
Se com tudo que sinto
Não pudesse te amar