terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Maldade

Maldade é termos que ficar separados tanto tempo
É eu simplesmente não entender como as coisas funcionam
É quando eu eu acordo pensando em te encontrar
Mas não é nada do que você faz comigo
Não é de ti que vem castigo
De ti, vem o que eu preciso pra me manter
E eu, sem saber controlar, fico comprometido
Fico tentando não pensar tanto assim
Em você
Tudo isso me leva à loucura
A melhor do mundo
É o que me faz respirar fundo
E imaginar mais avoado
Querendo estar ao teu lado
Até quando disserem que vai ser o fim do mundo
É isso tudo que me faz tremer
Mas é tudo em mim
São coisas que não vão ter fim
Até quando eu te esquecer
E meu amor, por mim
Esse dia nunca vai acontecer