terça-feira, 30 de julho de 2013

Sinta-se!

À vontade
Para criticar
E livremente pensar
Com autenticidade

Levemente
A sonhar
Começando a se expressar
Para toda a cidade

Paranoico
Ao se deixar levar
Pelo desejo de amar
Em sua mocidade

Em casa
Para junto se sentar
E conosco remoldar
Sua artisticidade