sexta-feira, 19 de julho de 2013

Sentimentos teus

Como um piscar de olhos,
Tudo apenas se apaga.
Ontem, o que tinha era quase certo.
Hoje, não tem mais nada.

Tu declaraste teu amor
E foste embora perdido,
Pois achaste em alguém a dor
De um coração partido.

Foste se iludir, então,
Para afogar tua mágoa.
Te encheste de uma nova paixão
Que iria embora como água.

Feriste uma donzela
Que com a história tinha nada a ver,
Declarando amor a ela
Mesmo sem nada ter.

Conseguiste teu amor de volta
E esperança voltaste a ter.
Mas não sabias da reviravolta
Que estava para ocorrer.

Terias teu amor declinado outra vez
Para vagar triste pelos cantos.
Da dor da vida, se tornar freguês
E cair no abismo profundo de prantos.