domingo, 31 de março de 2013

Relatividade


Exatamente? Oras, não sei!
Como assim não sabe?
Não sei, e prefiro não saber. Que mentira doce essa então que me traz tanta felicidade.
Antes uma falsa de mel, que uma verdade amarga.
Se me fosse necessária tanta solidez, cultivaria pedras e não amores.